O sol ainda cremação no frio

23 de janeiro
O sol ainda cremação no frio 1

Aqueles que estão à pontinho de preparar o pacote para ir esquiar, que não se deixem o sorvete de proteção em casa. As radiações ultravioleta (UV) causam danos na pele, especialmente quando vai se aproximando o meio-dia e no momento em que o céu está claro, momentos em que a energia dos raios UV ampliam.

Com fatores como estes, há que acentuar as medidas fotoprotectoras.

Com o objetivo de descobrir a energia da emissão solar nas estações de tabela e apreciar se os hábitos protetores daqueles que pisam o promontório são suficientes, um conjunto de estudiosos da Claustro de San Diego (Califórnia, EUA),foi o caminho 32 estações do anoitecer dos EUA de grande altitude em busca de aconselhamento.

Subiram os teleféricos e aproveitaram esses percursos para entrevistar os esquiadores e amantes do snowboard sobre o seu costume, na fotoresistente e observar seu enxoval.

A equipe estudou as variáveis de duração, a altitude, a distância, em graus, o tempo e o momento, para supor que a incidência dos raios UV.

Apesar de que os níveis de fosforescência em frio são mais baixos, os autores observaram que determinado condicionantes os dias amplamente: as horas próximas ao meio dia, no tempo em que o céu está claro e no momento que os dias têm mais horas de luz (desde fevereiro).

Nestas situações, os esquiadores "seguraram e inclusive intensificaban os hábitos relacionados com o emprego e o cosmético protetora (média duração acima de expor-se e, posteriormente, a cada duas horas), fotoprotector labial e óculos de sol".

É bastante acostumado que em dias claros, no momento em que a emissão solar aumenta, começam a desprender-se do enxoval de proteção como os chapéus, por servir de um exemplo, que não só guardam, além disso, protegem dos raios UV.

"Com a nevada, não só temos a fosforescência do sol, igualmente, que se reflete no branco. A energia se multiplica e você pode abrasar com mais facilidade".

"Os esquiadores são conscientes e daí que, em geral, se resguardam, a partir de fevereiro ou março devem exagerar as cautelas, inclusive nos dias anubarrados.

Agora o ingênuo começam a confiar e tiram o capacete, a coifa, as luvas... Tive uma calmoso o ano passado com uma queimadura intensa e também flemón as pálpebras depois de esquiar em um dia anubarrado".

Esta pesquisa prova que as pessoas que praticam esportes ao ar livre estão mais expostas e, têm maior obstáculo a desenvolver neoplasia de pele.

"Seriam precisas campanhas informativas para aconselhar exatamente em que momento as radiações solares podem ser mais elevadas do maciço, a fim de que os esquiadores se resguardem melhor".

Este artigo foi revisado por: Ava Gina 🏆 (1)
23 de janeiro